Home / Notícias / Autoridades discutem problemáticas do lixão municipal em Poconé

Autoridades discutem problemáticas do lixão municipal em Poconé

IMG_9167
Fonte: Assessoria de Imprensa

O aumento acelerado da população mundial e o crescimento desordenado das cidades e municípios criaram sérios problemas ambientais, por consequência tornou-se necessário criar políticas públicas para tentar amenizar a degradação ambiental e o lixo urbano, que é uma das maiores preocupações de ordem sanitária e ambiental do administrador de qualquer cidade brasileira.

Levando em conta essa preocupação, foi realizada na tarde de quarta-feira (26/07), no auditório Armando Quinto de Souza, situado na sede da Secretaria Municipal de Saúde, uma reunião envolvendo o chefe do Poder Executivo Municipal, prefeito Tatá Amaral, secretários municipais, vereadores e demais autoridades, afim de discutirem o planejamento para uma possível implantação de um “Aterro Controlado” no município de Poconé (104 km de Cuiabá).

A reunião foi organizada em conjunto com a BKP Construtora que apresentou o projeto de implantação e operação do Aterro Controlado como alternativa para implementação do serviço público ambiental, em especial, referente a destinação adequada dos resíduos sólidos urbanos, tendo ela como uma medida paliativa de caráter “emergencial” para melhorar o local onde hoje está localizado o lixão, próximo a rodovia Porto Cercado.

mate3

O prefeito Tatá Amaral falou sobre a importância das ações de saneamento básico, saúde e condição social, além da necessidade em encontrar soluções para a destinação final dos resíduos produzido no município, onde cerca de 36 a 40 toneladas de lixo são coletados por dia, e com o crescimento da cidade, a melhor alternativa, no momento, se torna a implantação desse aterro controlado, tendo em vista que a construção de um Aterro Sanitário, teria um custo bem mais elevado aos cofres públicos.

“Essas medidas paliativas iriam reduzir e aliviar os efeitos negativos causados pela má destinação dos resíduos descartados pela população, além de gerar mais uma opção de emprego e renda para o município, e a princípio amenizar a agravante situação da qual se encontra o lixão do município de Poconé”, justificou o prefeito.

Participaram da reunião a secretária de Meio Ambiente, Danielle Assis, o secretário de Infraestrutura, Ney Rondon, o procurador jurídico e fiscal, Lucas Guimarães Gouvêa, o gerente do Centro de Atividades do Sesc Pantanal, em Poconé, Marcus Vinicius, a Analista do Sesc Pantanal, Isana Gajo, Bruno Alves chefe do Parque Bahia das Pedras, e os vereadores Marcio Fernandes (MDB), Zé Correa (PR) Walney Rosa (PV) e Professor Edinho Ball (DEM).

Sobre Benedito Edmar Oliveira​ Sales

Assessor de Imprensa da Prefeitura de Poconé.

Deixe uma resposta

Seu email nao sera publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top