Novidades

Cultura

A cultura do município se destaca pela fé do seu povo e a devoção aos santos populares. O município é representado culturalmente pela manifestação de diversos grupos dentre os quais destacamos:

• Mascarados
Dança tradicional e Folclórica de poconé. Não se sabe de onde veio, quem introduziu aqui. É uma dança que tem raízes indiginas, pela forma de apresentação que revelam os costumes dos índios, enriquecida pelos colonizadores espanhóis que aqui chegaram. Os participantes são apenas homens mascarados, usando chapéus com plumas, espelhos e outros enfeites, desempenhando função de damas e de galãs. São compostos de doze pares e três balizas (três galãs na frente do grupo de mascarado carregando o mastro). Hoje é apresentada nos dias festivos do município e também em feiras estaduais e nacionais.

• Cavalhada
Um dos maiores eventos culturais do estado de Mato Grosso, a Cavalhada de Poconé acontece todos os anos nas primeiras semanas de junho, durante as festividades alusivas ao glorioso São Benedito. O evento é realizado na pista oficial, localizada na parte alta da cidade, no clube Cidade Rosa, que durante o evento torna-se um grande campo de batalha entre cavaleiros Mouros e Cristões que preservam a continuidade de uma tradição que ocorre há vários anos sendo praticada desde a origem de Poconé.

• Festa do Divino Espirito Santo
A devoção ao Divino Espírito santo no Brasil, tem raízes lusitanas e foi implantada no solo brasileiro pelos colonizadores. Em Poconé é uma das poucas cidades brasileiras que pode se orgulhar de manter esta tradição. A festa de Divino espírito santo é caracterizada pela novena, que antecede ao festejo, tendo a duração de uma semana antes da festa, que é recheada de muito barulho, com show pirotécnico, alvorada festiva, shows populares, cantos, visitas da bandeira aos lares das famílias poconeanas, que é considerada com uma benção de confraternização, acima de tudo, devoção e fé.

• Festa de São Benedito
A festa de São Benedito é realizada no mês de Junho, onde o povo poconeano presta o seu louvor ao santo protetor (São Bendito), pedindo benção aos lares e agradecendo a Deus os benefícios que o povo pantaneiro tem alcançado através das gerações, que conserva viva a lenda, costumes, crenças, superstições, cultura e história deste povo, que possui um amor eterno pela sua terra natal.

Scroll To Top